Bem Vindos a caravana Terra Santa

Você vai ter experiências inesquecíveis neste lugar Santo.

Ligue

+55 21 98269-1617

Grécia

Cíclades, Dodecaneso, Jónico, Évia e Spórades, Peloponeso. Tanto no continente como num dos quatro arquipélagos, uma viagem à Grécia representa sempre o desafio de escolher o destino e, talvez, de decidir em qual das ilhas aportar: Kerkyra, Samaria, Amorgós, Santoríni, Creta, Míkonos, Rhodes… Separamos neste post, alguns dos lugares mais lindos.

São quase 15 mil quilómetros de litoral, num país cuja herança cultural é, igualmente, de visita obrigatória.

1) Zakynthos – Navagio Beach

Esta praia na ilha de Zakynthos é a síntese da estonteante beleza das praias gregas. A água tem um azul tão intenso que parece fosforescente. Quem nunca visitou o lugar, fala de boca cheia que as fotos são todas obras de Photoshop. Afinal uma água desta cor não pode existir na natureza. Mas chegando ao local qualquer um pode verificar in loco que a obra da mãe natureza definitivamente não precisa de recursos de tecnologia para irradiar seu encanto.
Acreditem, é real.
Separamos alguns dos lugares mais lindos da Grécia...

- Top 10 -

2) Santorini

Santorini é um museu com obras de arte de dois artistas. A natureza tem como obra principal uma lagoa (caldeira) de água salgada formada por uma erupção vulcânica que um dia fez parte da ilha desmoronar. A cor é tão penetrante e intensa que para mim a tradução do azul pode ser feita em uma imagem: a água da caldeira. O segundo artista com obras neste museu é o ser humano. Casinhas de um branco imaculado que faz inveja ao mais alvejado lençol do melhor hotel cinco estrelas, com tetos pintados de um azul que se confundem com a cor da água por si só já seriam uma obra digna de um Picasso. Agora imaginem estas casinhas penduradas em penhascos de 300 metros de altura admirando o mar a sua frente. É paisagem de quadro de Van Gogh.

3) Meteora

Apesar da beleza única das praias gregas, nem só de praia vive o turismo helênico. Ainda pouco conhecidos dos brasileiros os monastérios de Meteora são um atração sem igual no mundo. Montanhas de rochas maciças que depois de esculpidas durante 60 milhões de anos pelo vento e pela água tomaram-se formas finas como um dedo que aponta para o céu. Acrescenta-se ao topo destas montanhas, monastérios da igreja ortodoxa com obras de arte impressionantes em que até bem pouco tempo o acesso se dava apenas por içamento de cordas ou redes e você tem um lugar que ficará em sua memória eternamente.

4) Kefalonia

Esta é mais uma ilha que nos faz ficar boquiaberto. Assim como Zakynthos aqui também existe uma praia de águas azuis fosforescentes, é Myrthos. O acesso a praia é feito de carro, diferente de Navagio onde só se chega de barco. Myrthos também não tem um navio encalhado em suas finas e alvas areias e nem um penhasco que a isola do mundo como sua irmã gêmea. Por isso apesar de sua beleza idêntica, não consideramos que tenha o mesmo charme da vizinha de Zakynthos. Para compensar Kefalonia nos reserva o incomparável deslumbramento da Gruta Melissani. Uma caverna cheia da água mais cristalina que você possa imaginar que se torna ainda mais transparente com o sol incidindo diretamente. E pasmem você pode navegar por ela. Na dúvida visite as duas ilhas. São dos colírios para os olhos e sem contra indicações.

5) Atenas

Atenas merece uma visita só pelo fato de ser o berço da democracia, mas engana-se quem pensa que a cidade se resume a isso. Muitas outras atrações fazem do local um must. Destacamos o Parthenon, o Museu Arqueológico que até eu que não sou fã de museus, gostei. Tem também o Museu de Acrópoles, a própria Acrópoles onde estão: o já citado Parthenon, o Odeon de Herodes, Erecteion com suas belíssimas Caríatides, Propylea que é o portão de entrada de Acrópoles e o Teatro de Dionísio. Ainda em Atenas você pode ver as gigantescas colunas do Templo de Olimpo Zeus, o Parlamento, a engraçadíssima Troca da Guarda e o Estádio Olímpico construído todo em mármore em 566 a.c. e usado para primeira Olímpiada da Era Moderna em 1896. São atrações todos os gostos.

6) Mykonos

A despeito de suas paradisíacas praias, Mykonos é muito mais conhecida pela badalação e festas que rasgam noite adentro de segunda a segunda. Só para se ter uma ideia, a ilha poderia ser chamada de a Ibiza grega. Muitas celebridades e o jet set mundial tem casas de veraneio por lá. Os mais desavisados podem estranhar as praias vazias às nove da manhã mesmo com um dia ensolarado. Os primeiro banhistas chegam por volta do meio dia ainda com cara de ressaca da noite anterior. É pouco depois deste horário que a música alta começa e em poucos minutos todos estão dançando em cima das mesas dos bares. Isso dura até o cair da noite quando as festas saem das praias e invadem as dezenas de casas noturnas da ilha. Mykonos também é conhecida como o paraíso GLBT.

7) Creta

A maior das ilhas gregas, quase tão longa quanto a Sardenha foi o local de nascimento de Zeus, o pai dos Deuses e dos homens. Em Creta também se criou uma das maiores lendas gregas. A lenda do Minotauro, ser metade touro e metade homem. Acredita-se que o labirinto no qual o Minotauro foi aprisionado era na verdade o Palácio de Knossos cujas ruínas resistem até os dias de hoje mostrando sua complexa arquitetura semelhante à de um labirinto. A ilha ainda tem diversos sítios arqueológicos, as belas praias de Efalonisi, Falasarna e Balos e o trekking pelo desfiladeiro de Samaria.

8) Lefkada

Definitivamente as ilhas Jônicas tem uma beleza natural muito maior que suas primas famosas, as ilhas Cíclades que tem Santorini e Mykonos como grandes ícones. Infelizmente Lefkada nasceu numa família de ilhas top model e suas irmãs Zakynthos e Kefalonia brilham muito mais do que ela. Tivesse a sorte de estar localizada em qualquer outra parte do litoral do planeta, este nome um tanto estranho já estaria em todas as capas de revista de turismo. Azar de quem ainda não conhece as praias de Agiofili, Agios Nikitas, Egremni, Kathisma, Milos, Porto Katsiki e Sivota. Vocês não sabem o que estão perdendo.

9) Milos

A ilha de espetacular beleza natural é mais conhecida por uma obra de arte que não é da mãe natureza. Reza à lenda (a verdadeira história é um mistério) que um camponês grego encontrou a estátua da Vênus de Milos durante uma escavação. Rapidamente toda ilha ficou sabendo do achado, inclusive um cadete francês. Como um rastilho de pólvora a história chegou à embaixada francesa e depois a França propriamente dita e não tardou para que o marinha francesa enviasse um navio com ordens expressas para levar a estátua à Paris. Durante uma briga com os gregos pela posse do novo tesouro os braços da estátua teriam sido quebrados e ela permanece assim até hoje exposta no museu do Louvre. Mas em compensação as obras de arte naturais estão lá para todo mundo se maravilhar inclusive os próprios franceses. Firopotamos, Gerakas, Glaronissia, a ilha vizinha de Kimolo, as incríveis formações de Kleftiko, a vila de Kilma, as exóticas praias de Papafragas e Sarakiniko, tudo, exatamente tudo que vimos em Milos é assustadoramente belo.

10) Cabo de Sounion

O cabo de Sounion fica a pouco menos de setenta quilômetros de Atenas e tem um templo, ou ruínas de um templo dedicado a Poseidon o rei dos mares. O que restou do templo é belíssimo. Imaginem aquela bela arquitetura com todas suas colunas gigantescas e intactas. Além do tempo você tem uma espetacular vista do Mar Egeu com seu azul anil inconfundível. Se puder fique para o por do sol, dizem que é inesquecível.

Por Onde Passamos

Alguns dos lugares que ficaram em nossa memória.
www.000webhost.com